By yago

LENDAS URBANAS

” o dia da meia-noite “

:: Numa cidade do interior de Minas Gerais, chamada Ibiá, conta-se um “causo”, que segundo os moradores não é ficção, mas sim realidade. Na década de 60, uma enfermeira, filha de criação de um grande fazendeiro, iria se casar. Linda era a senhorita, cabelos negros e longos, pele morena, corpo de violão, rosto de anjo, lábios carnudos e sensuais. (isso é um “causo” ou um anúncio de massagens?) Seu noivo, um rapaz da cidade grande, segundo boatos, estaria mais interessado nas fazendas da família, do que na voluptuosa senhorita. Chegado o grande dia, tudo estava certo: Uma grande festa na fazenda, a capela já estava ornamentada e o padre se preparava tomando “alguns” cálices de vinho. Os convidados chegavam aos poucos, e o comentário era que os noivos viajariam para a “Europa” em lua de mel. No grande momento, eis que entra na capela, a linda noiva, deslumbrando beleza e felicidade. Mas o noivo ao vê-la, corre e no meio da capela grita: – “Sinto Muito! Não a amo. E as fazendas do seu pai não são suficientes para comprar esse casamento.” Em seguida o noivo foge e a pobre donzela, aos prantos, se tranca em seu quarto. Pela manhã, ao arrombarem a porta, deparam-se com uma cena horrorosa: A noiva, nua, só de véu e grinalda enforcara-se com lençóis. Estava pendurada no lustre do seu quarto. A data do casamento: 20 de Maio. Conta-se que até hoje, nesta mesma data, à meia noite, a linda noiva aparece, nua, cavalgando pelas ruelas da pequena Ibiá, dando gritos de horror e desespero!

* Lenda enviada por:Yago

…………………………………………………………………………………………………………

” A bruxa de Trombudo Central “

:: Meu pai morou nessa pequena cidade de Santa Catarina e conta que esta história é verídica. Um certo senhor que tinha problemas nas pernas e andava de muleta teve um filho, essa criança era muito saudável e bonita, porem passado um tempo ela começou a ficar muito doente e pálida. Esse senhor a levou a vários médicos que não conseguiam diagnosticar o problema. Enquanto isso a criança ficava cada vez pior, foi ai que indicaram para esse senhor uma benzedeira. Quando esse senhor levou a criança na benzedeira à mesma lhe disse que seu neném estava embruxado e que estava condenado, iria morrer em poucos dias e não havia o que fazer, porem poderia descobrir qual era a bruxa que estava sugando as forças do neném, quando a criança estivesse sendo velada, o pai deveria destapar o pé do neném, que a bruxa onde estivesse viria tapar o pé do neném. A criança em poucos dias morreu e durante o velório o pai da criança lembrou da história e destapou o pé do neném, na mesma hora veio uma senhora conhecida na cidade e mãe de três rapazes, porem as, mas línguas da cidade diziam que ela era bruxa, essa senhora tapou o pé do neném. O pai da criança não acreditando no que viu e conhecendo aquela senhora de longa data, decidiu tirar a prova, destapou o pé da criança novamente, e novamente ela veio tapar. Muito desconfiado esse senhor pediu para que sua mulher levasse aquela sra para fora e ficasse longe do local do velório, assim feito o sr pela terceira vez destapou o pé da criança e aquela sra veio de onde estava e tapou novamente o pé da criança, o pai revoltado começou a bater na sra com a bengala e chamava ela de bruxa e assassina, o velório parou, o pessoal separou os dois e esse caso foi parar até na policia, pois os filhos dessa sra queriam matar o sr das muletas. Coincidência ou essa sra era realmente a bruxa? Contam que no sitio onde essa sra morava toda noite de sexta feira de lua cheia os cavalos corriam a noite inteira sem ninguém monta-los e que na manhã seguinte os cavalos estavam muito suados e com suas crinas cheias de nó.


0 Responses to “Lendas Urbanas.”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




setembro 2014
S T Q Q S S D
« mar    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Meses


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: